Concursos ofertam 20.691 vagas no Brasil todo. Veja a lista aqui!

10/06/2018 07:58 - Atualizado em 12/06/2018 13:53

(Foto: Divulgação)

As oportunidades para quem deseja ingressar no serviço público são grandes. A Região Norte conta atualmente com 2.600 vagas abertas em concursos e processos seletivos simplificados, desde seleções regionais até certames de abrangência nacional. Somente no Estado do Pará são 150 vagas com inscrições abertas. Além dos certames que já estão recebendo inscrições, sites especializados em concursos estimam que pelo menos 20.691 novas vagas devam ser ofertadas, entre concursos nacionais e estaduais, ainda neste ano.

MAIS OPORTUNIDADES DE EMPREGOS

O INSS terá concurso com mais de 10 mil vagas. Saiba mais aqui. 

Macapá abre 440 vagas na área da Saúde. Salários de até R$ 4 mil. Confira.  

 

Na região Norte, o Estado que oferece o maior número de vagas é o Amazonas, com 1.411 vagas abertas em cinco certames. No Pará, os cinco editais abertos (sendo um de abrangência nacional) oferecem 150 vagas para níveis médio e superior. Porém, pelo menos 16 órgãos estaduais já anunciaram a definição da banca organizadora de seus concursos, gerando uma expectativa de criação de ao menos 2.574 novas vagas. Órgãos públicos federais também preveem vagas para o Estado.

PREPARAÇÃO

Diante das vagas já existentes e das oportunidades que estão por vir, o professor de um cursinho preparatório especializado em concursos públicos, Ruk de Oliveira, alerta para a necessidade de o ‘concurseiro’ mudar a mentalidade em busca do objetivo maior de ser aprovado. “As pessoas acabam focando muito na dificuldade (a falta de tempo, as atividades que dificultam o estudo) e esse é um dos problemas de quem faz concurso público hoje. Sempre, cada vez mais, vão aparecer dificuldades, mas o objetivo dessa pessoa de passar tem que ser maior”, considera. “É preciso é mudar a mentalidade. O foco tem que ser na solução”.

Considerando o foco no objetivo final, a preparação pode ser desenvolvida a partir de algumas estratégias. Ruk destaca que é importante se manter atento às características da banca examinadora responsável pelo concurso para o qual se vai estudar. “Conhecer a banca é importante porque cada banca se comporta de um jeito. Hoje, a média é acima de três anos de preparação para ser aprovado em um concurso. Essa média pode encurtar para um ano se o candidato conhece bem a banca”, aponta o professor. “Realizar provas anteriores está dentro da primeira análise para se conhecer quem é a banca organizadora de determinado concurso.”

(Cintia Magno)

NOTÍCIASRELACIONADAS